Blog da Folhinha

Um espaço de interação com a criança

 

Homem de ferro animado

Foto Divulgação

Tem perseguição, luta e sequestro na nova série animada “Iron Man - Homem de Ferro” (Paramount Home Entertainment; R$ 19,90 cada volume). 

O volume 3 da primeira temporada acaba de ser lançado em DVD e traz quatro episódios da série, todos dublados.

Neles Tony Stark, o gênio adolescente, descobre que precisa de mais poderes do que possui para combater a corrupção. Para isso, contará com a ajuda de alguns amigos.

Confira a opinião de quem assistiu à série:

Adorei toda a série, porque é um desenho com muita ação, suspense e emoção, tem uma linguagem fácil de entender, e a animação é bem legal. Recomendo a todas as crianças e adultos que gostem de muita ação.
PEDRO AUGUSTO BELLAS PERES, 9, aluno do INSA (Instituto Nossa Sra. Auxiliadora, São Paulo, SP)

Escrito por Gabriella Mancini às 21h10

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Toy Story Mania

No jogo Toy Story Mania (Positivo Informática; R$ 49,90 para PC), inspirado numa das atrações do parque Disneylândia, você precisa ser bom de mira para ganhar pontos.

Mas não pode se distrair com os belos cenários, todos com desenhos da série Toy Story.

Dá para jogar com até quatro jogadores. O diferencial do jogo é que ele vem com óculos 3D, por isso os desenhos parecem saltar da tela.

“Toy Story Mania” tem versão para PC, Nintendo Wii e iPhone.

Confira a opinião de quem testou o game:

"Eu gostei, mas acho que uma criança muito boa no jogo vai enjoar facilmente porque é rápido terminar. Você vai liberando e ganhando as coisas. Quando eu liberei quase tudo não tinha dado nem 1 hora de jogo porque é fácil (e criança de qualquer idade consegue jogar). Se uma pessoa jogar uma vez por dia, durante uma semana, ela já vai chegar no final. Tem vários jogos. O comando é basicamente apertar o botão esquerdo do mouse. Na maioria você tem que mirar nas coisas e acertar para marcar pontos. Tem uma fase em que giram um monte de xícara, e numa delas tem chocolate. Então você tem que descobrir qual."
PEDRO AWAD ROXO DA FONSECA, 12

 

Escrito por Gabriella Mancini às 15h07

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sábado, 26/6, na Folhinha

 
Ilustração: Veridiana Scarpelli

As férias estão chegando e você não vai ter desculpa para ficar de bobeira: a Folhinha preparou um especial com 31 dicas imperdíveis para você aproveitar ao máximo seus dias de folga.

Tem teatro, cinema, futeboliche, cavalgada e até uma oficina de monstros!

Na seção "Hora do lanche", confira onde fazer uma pausa para boas comidinhas.

Escrito por Gabriella Mancini às 15h33

Comentários () | Enviar por e-mail | Bastidores | PermalinkPermalink #

O menino e o minotauro

Foto Divulgação

Homem ou animal? Nem um, nem outro. O Minotauro é uma criatura da mitologia grega que tem o corpo dividido em dois: metade homem, metade touro.

Ele morava em um labirinto, para que não pudesse escapar de lá.

O livro "Minotauro", de Gabriel García de Oro (ed. WMF Martins Fontes; R$ 49), traz esse ser mitológico na capa, mas na história o personagem principal é um menino.

A leitora Vitória Dell'Aringa Rocha, 12, leu e aprovou. Confira sua opinião sobre a obra:

"Quando olhamos para a capa e vemos como título Minotauro, a primeira impressão que temos é que a história desse personagem mitológico será contada. Mas, na verdade, o livro relata a história de um menino chamado Yaruf que, quando tinha seis anos, sai, junto com o pai Ühr e muitos soldados, em busca de minotauros que tenham sobrevivido a um antigo massacre comandado por humanos. Porém, ele cai no mar e acorda em uma ilha, onde é salvo da morte pelo minotauro Worobul, que o cria como filho. Daí para frente, ocorrem muitas aventuras.

Eu gostei bastante do livro. Achei o autor muito criativo, pois fez um livro de mais de 400 páginas com a proposta difícil de criar novas histórias para o personagem minotauro, sem ser cansativo. Ele consegue ser dinâmico, faz com que o tempo todo esteja acontecendo alguma coisa diferente.

Um outro ponto interessante é que ele trata da convivência com as diferenças, de como seres tão diferentes podem conviver se respeitando e se ajudando.

Uma curiosidade do livro são os provérbios tauricos. Durante toda a narrativa os personagens fazem esse tipo de citação.

A história, realmente, me surpreendeu. Não imaginava que o livro fosse ser tão legal."

VITÓRIA DELL'ARINGA ROCHA, 12

Escrito por Gabriella Mancini às 16h29

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Dica de programa legal

O programa TV Piá, que vai ao ar hoje, às 14h30, pela TV Brasil, está em clima de Copa do Mundo.

E, como são as crianças que comandam o programa na frente das câmeras, você confere comentaristas esportivos e narradores mirins, crianças mostrando seus álbuns de figurinhas e a opinião delas sobre meninas jogarem futebol.

No site tevepia.blogspot.com você assiste a um pequeno trecho do programa.

 

Escrito por Gabriella Mancini às 09h30

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sábado, 19 de junho, na Folhinha

   Reprodução

Lixo eletrônico
Descubra onde ele vai parar

Cinema
Os destaques da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis

Gogo ou Gormiti?
Qual dos dois bonecos é o dono da brincadeira?

O peixe dorme de olho aberto?
Descubra a resposta na seção "Dúvida Animal"

Escrito por Gabriella Mancini às 15h01

Comentários () | Enviar por e-mail | Bastidores | PermalinkPermalink #

Tapete viajante da paz

Foto Ricardo Nogueira/Folhapress

A Gabriela Matone Ejchel, do colégio I. L. Peretz, enviou para a Folhinha uma redação bem bacana.

Ela fala sobre uma turma de amigos que vive aventuras ao descobrir um tapete no porão. Confira:

O TAPETE VIAJANTE DA PAZ

 Era uma vez dois meninos e uma menina. Os meninos se chamavam João e Léo. A menina se chamava Isabela.

 Eles estudavam na mesma escola. Um dia, quando saíram de lá, João perguntou aos amigos:

 - Depois da aula, vocês querem ir comigo para a minha casa? Acabei de me mudar e meu sótão está muito bagunçado...

 - Acho que dá – disseram os amigos em coro.

 Eles foram. Chegaram lá, ficaram olhando... Além de ser uma bagunça, tinham umas coisas bem legais. Andaram mais um pouquinho, e, lá no fim do porão havia um tapete.

 Sentaram no tapete e viram que não era apenas um tapete, tinha uma tela lá.

 De repente, essa tela ligou e apareceu uma mulher, cujo nome era Iaely. Nome estranho, não? Pois é. Esqueci de um detalhe: ela é de Sarinka, ou outro planeta.

 Iaely logo disse:

 - Vocês entendem símbolos, enigmas? Sabem ler mapas? Aceitem o desafio: eu lhes darei pistas, códigos, charadas. Vocês terão que resolvê-las. Tem 97 horas para voltar aqui, com 5 cartões. Vocês inserirão esses cartões na tela e ela os dará uma dica para ir a outro lugar. Se vocês não estiverem aqui em 97 horas, não voltarão. Apertem “sim” (botão) em 10 segundos.

João, “o corajoso” logo aceitou o desafio, sem nem mesmo falar com os amigos. Disse:

 - Se eu não pensasse rápido e apertasse, nós iríamos perder a chance de viajar num tapete, sem pagar nada.

 Os amigos olharam com uma cara de furiosos. Mas, não adiantou. Eles só viram na tela:

M    R L A    A    C I A    U A H     D     H N

Isabela, “a espertinha”, logo entendeu:

1 M, 3 R, 5 L, 7 A, 8 D, 10 C, 12 I, 14 A, 2 U, 4 A, 6 H, 9 A, 11 H, 13 N

MURALHA DA CHINA

O tapete voou. Chegaram lá meia hora depois. (tapete rápido, né?)

 - Nossa, não acredito...- disse João, exausto.

 - Nem eu, como ela espera que a gente ache um “mini-cartãozinho” aqui, nessa parede gigante, cheia de turistas?! - disse Isabela.

 - Gente, vem aqui, achei!! – disse Léo – estava embaixo de uma folha, caída no chão.

 Iaely apareceu, novamente. A próxima dica era:

C T L  M R D S A E T Ç E 
O E    U O A L M N A Õ S 

 Obs.: Cotel – Muro das Lamentações.

 Isabela, novamente entendeu:

 - Meu Deus...mais um muro?!

 - O que? – disseram João e Léo.

 - Muro das Lamentações: Cotel ! (como chama o muro em Israel)

 E a viagem começou...

 Chegaram lá e viram uma briga entre garotos árabes e judeus: um atirando pedras no outro. Imediatamente, quando viram essa cena tiveram uma idéia:

 - Ei, pessoal: em vez de jogar essas duras pedras, que tal jogarmos uma partida de futebol?! Lá, no Brasil é um esporte comum, porém, muito divertido... afinal todos somos irmãos, não é mesmo? – disse Léo.

 - Poxa...- disse um árabe.

 - Verdade. –disse o judeu.

 - 1, 2, 3 e ... – Alice apitou – que comece o jogo!

 Depois do jogo, saíram satisfeitos, tendo a impressão de “missão cumprida”, mas, esqueceram de um pequeno, porém, importante detalhe: Iaely!

 Nesse exato momento, Iaely apareceu e disse:

 - Missão cumprida!

 - ? ? ? – pensaram as crianças.

 - O objetivo dessa aventura era conseguir a paz, mas, se eu falasse isso, vocês fariam só para voltar para a casa. Agora sei que vocês tem um “coração de ouro”.

 - Isso quer dizer que podemos ir para a casa?!

 - Claro! Claro! Arrumem suas coisas!

Escrito por Gabriella Mancini às 18h15

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O animal mais esquisito do mundo

Foto Creative Commons

O ornitorrinco é um bicho esquisitão. O João Pedro Montesso, 10, de Santos (SP), inspirou-se nele para escrever a redação que publicamos aqui. Leia e aprenda mais sobre esse animal:

Ornitorrincos

Quase ninguém liga pros ornitorrincos, mas eles são muitos legais porque eles são mamíferos esquisitos que botam ovos e podem ficar até 80 minutos embaixo da água.

O corpo deles é peludo e  tem bico e patas de pato e cauda de castor. Os machos tem ferrões nas patas traseiras.

Seus ninhos são na margem dos rios, no continente da Oceania e a fêmea põe dois ovos por vez.

Está comprovado que o animal mais esquisito do mundo é o ornitorrinco.

Escrito por Gabriella Mancini às 08h48

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Para cantar e brincar

Fotos Divulgação

Dois brinquedos para quem gosta de ICarly, série do canal pago Nickelodeon: o microfone da Sam te faz soltar a voz e permite que você cante com Carly (a canção Leave It All To Me); já o embaralhador de sons é um controle que reproduz, pausa e toca as músicas na ordem que quiser, e ainda grava e embaralha a voz (Sunny Brinquedos; R$ 69,90 cada).

Você sabe o que cantar, mas nunca sabe o que vai escutar!

Tanto um brinquedo quanto o outro são legais, mais o de que eu mais gostei foi o microfone, pois dá para fazer entrevistas e cantar com a Carly.
Com o outro, posso ouvir música e brincar de "stop" e de ritmo.
VERONICA COSTA PEDRO, 10

Escrito por Gabriella Mancini às 15h09

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sábado, 12/6, na Folhinha

     Reprodução

Era uma vez...o amor
Desvende histórias de enamorados nos mitos gregos, nas lendas medievais e nos contos populares

Copa do Mundo
Crianças testam a Jabulani, a bola oficial da Copa 2010

Cinema
Saiba mais sobre "Toy Story 3", animação que estreia dia 18 de junho

Dúvida Animal
O porco-espinho já nasce com espinhos? Descubra amanhã, na Folhinha

Escrito por Gabriella Mancini às 15h32

Comentários () | Enviar por e-mail | Bastidores | PermalinkPermalink #

Os heróis vão ao banco

Letícia Moreira/Folhapress

O Banco Imobiliário é um dos jogos mais famosos do mundo. Já ganhou várias versões, mas esta é poderosa: "Banco Imobiliário Liga da Justiça" (Estrela; R$ 119,90).

Os imóveis estão relacionados aos heróis e vilões. Tem o aluguel do Planeta Diário, jornal onde trabalha Clark Kent, ou a compra da mansão do vilão Lex Luthor.

Confira a opinião de quem testou o brinquedo:

"Gostei muito. Joguei com a Mulher Maravilha, mas tem também o Flash, o Luz Verde, o Batman e outros. Ganha quem tiver mais dinheiro e chegar primeiro na última casa. Com o dinheiro você pode comprar casas."
MARIA LUIZA MONTEIRO, 8 (colégio Santo Américo)

Escrito por Gabriella Mancini às 14h28

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pet conectado

Fotos Divulgação

Elefante de pelúcia Webkinz e sua versão online


Alguns bichos de pelúcia são tão fofos que dá vontade de que ganhem vida.

Os Webkinz são animais de pelúcia que parecem ganhar vida na internet. Funciona assim: cada bichinho vem com um código secreto. Você acessa o site www.webkinz.com e adota a versão virtual do seu pet.

Neste site, você pode cuidar da alimentação e da saúde do seu animal. Lá você encontra também vários jogos. Os pontos são acumulados e podem ser trocados por alimentos, roupas e móveis para seu bichinho virtual.

Os webkinz estão chegando agora ao Brasil, mas já fazem o maior sucesso em países como Estados Unidos e Japão. Cada bichinho custa R$ 39,90.

Confira a opinião de quem testou o brinquedo:

"É muito divertido, tem muitas coisas para se divertir no site, lugares para ir, como o shopping. Dá para se divertir com seu bichinho e cuidar dele, o do jogo e o de pelúcia. Tem até o próprio Jornalzinho do jogo, para saber novidades. E tem muitos pets também. A única coisa ruim foi que eu demorei um pouco para aprender tudo, por que algumas coisas são dificeis de controlar, mas depois de tentar bastante eu consegui."
MARINA DA SILVEIRA COBIACO, 8


Webkinz, vários modelos

 

Escrito por Gabriella Mancini às 22h18

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sábado, 5/6, na Folhinha

    Foto Divulgação

Filme
Acompanhamos os bastidores do primeiro longa brasileiro feito em animação "stop motion"

Atualidade
Entenda quais as causas e consequências do ataque de Israel ocorrido próximo à faixa de Gaza

Dúvida animal
Descubra o que tem dentro do chocalho da cascavel

Escrito por Gabriella Mancini às 17h01

Comentários () | Enviar por e-mail | Bastidores | PermalinkPermalink #

Prova de coragem

Foto Divulgação

 

Tom nasceu em uma família aventureira. Seus seis irmãos (entre eles João Sortudo e João Matador de Gigantes) eram tipos corajosos e admiráveis. Já Tom era um menino mais quietinho, não muito valente. Mas um dia chegará a vez de Tom mostrar que também tem um coração aventureiro.

O livro "A História Secreta de Tom Coração Leal" (ed. Galera Record; R$ 37,90), do autor inglês Ian Beck, em breve será adaptado para os cinemas.

Ana Rodrigues Cameirão, 13, do colégio INSA (Instituto Nossa Senhora Auxiliadora), de São Paulo (SP), leu o livro e aprovou. Confira a crítica que ela enviou:

Gostei! O autor fez uma mistura bem interessante entre aventura e conhecidos contos de fada como: Rapunzel, Cinderela, Branca de Neve, Bela Adormecida.

Levado pela imaginação do autor, o leitor descobre como são feitas as histórias e como poderiam ter um final diferente. 

Ressalta, ainda, a importância do aventureiro no desfecho da história quando escreve que a mesma só é dado o começo e que o aventureiro, o responsável pelo final dela, recebe pistas e decifra-as.

Empolgante é a amarração da história, com a história do personagem principal: Tom Coração Leal. Quem quiser descobrir mais sobre a história, leia o livro. Vale a pena!
ANA RODRIGUES CAMEIRÃO, 13

Escrito por Gabriella Mancini às 14h26

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Blog da Folhinha O blog da Folhinha é um espaço virtual para interação das crianças com o suplemento impresso publicado pela Folha de S.Paulo aos sábados. É produzido pela editora, Patrícia Trudes da Veiga, pela editora-assistente, Gabriela Romeu, além de outros colaboradores.
Mapa do Brincar

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha Online.